MICROSCOPIA

– Histologia: Pesquisa (identificação de espécies – arábica ou robusta/conilon)

– Impurezas: Cascas e paus; elementos não característicos de café (fraudes)

– Sujidades Leves (fragmentos de insetos indicativos de falhas de boas práticas – não considerados indicativo de risco – ácaros e outras matérias estranhas)

FÍSICO-QUÍMICA

– Cafeína

– Cinzas Insolúveis em HCL 10%

– Cloretos

– Extrato Alcoolico

– Extrato Aquoso

– Extrato Etéreo

– Granulometria

– Ocratoxina A

– Ponto de Torra

– Resíduo Mineral Fixo

– Sulfatos

– Umidade

SENSORIAL

Avaliação da Qualidade Global Segmentada (avaliando e atribuindo notas individuais – de 0 a 10 – para aroma, acidez, amargor, adstringência, sabor residual e corpo) assim como a qualidade global, tipificando a amostra em uma das três categorias: Tradicional, Superior ou Gourmet.

MICROBIOLOGIA

– Bolores e leveduras

– Coliformes a 45ºC

– Contagem de bactérias

– Salmonella