Blog

O que é água potável?

O que é água potável?

Beber água é um dos atos mais naturais e simples da humanidade. Todos os dias bebemos água e não percebemos o quanto ela é fundamental para a vida e para nossa saúde. Mas, se a água está suja ou nos deixa doentes, automaticamente percebemos sua importância.

Por isso é tão importante entender como conseguir água limpa e em condições de consumo humano, ou seja, uma água potável.  

O que significa água potável?

Já comentamos um pouco, em outro texto, sobre água potável e sua importância para a saúde. Basicamente, água potável é aquela que não oferece riscos à saúde quando consumida, de acordo com o Ministério da Saúde do Governo do Brasil.

Uma água pronta para consumo seguro significa que ela está livre de contaminações de elementos microbiológicos, como coliformes fecais, outros tipos de bactérias e elementos estranhos, etc. Além disso, significa que ela cumpre uma série de padrões físicos e químicos de qualidade, como seu pH, a turbidez, dureza, quantidade de cloro, entre vários outros itens.

Apenas uma água de qualidade, e que cumpre as exigências legais, pode ser chamada de potável e ser consumida. 

Como encontrar água potável?

Para muitas pessoas, especialmente aquelas que moram em cidades, é simples encontrar água potável. Afinal, a água própria para consumo pode ser encontrada de diversas maneiras e em várias situações. A mais comum, claro, é através do sistema público de abastecimento.

A água que consumimos em nossas casas é a chamada água tratada. Basicamente, independente de sua origem, a água passa por um complexo e certificado processo de tratamento, em ambientes controlados. A purificação garante que todos os itens necessários para uma água ser classificada como potável sejam cumpridos, e que a água produzida no fim do processo seja aprovada em qualquer teste.

Outra forma de água que pode ser encontrada é a chamada água bruta. Essa é a água que encontramos na natureza e que não passou por nenhum tipo de processo controlado de tratamento e purificação. Porém, é fundamental deixar claro que nem toda água bruta é potável! Na verdade, são poucas as situações em que uma água retirada diretamente da natureza é segura para consumo, afinal, bactérias, vírus e outros tipos de fatores contaminantes são microscópicos, não sendo vistos à olho nu.

Apenas uma pequena parcela das fontes de água bruta, como de poços artesianos e minas d’água, pode ser considerada como fonte de água potável, e para isso é necessária a certificação com testes de qualidade da substância.

Como saber se a água é própria para consumo?

No Brasil há uma legislação bastante clara sobre os níveis de qualidade exigidos para uma água ser considerada tratada. A Portaria de Consolidação nº 5 do Ministério da Saúde, em seu Anexo XX, apresenta todas as condições, procedimentos e regras sobre qualidade, controle e vigilância da água potável.

A Portaria, publicada em 2017, serve tanto para águas captadas e distribuídas por empresas quanto para águas brutas e poços artesianos. Toda empresa que oferece água potável para consumo deve seguir suas exigências. Além disso, os padrões da norma servem para pessoas físicas e jurídicas testarem águas que consomem, através de empresas competentes para análise de água.

Em outros países os padrões podem mudar, e também há regras internacionais recomendadas pela Organização Mundial da Saúde e outras agências. Porém, de forma geral, os limites de e padrões de potabilidade tendem a ser semelhantes, já que é a ciência que dita a regra: o que é arriscado para a vida e a saúde humanas, não é aceito! 

Está com receio? Conta com a NUGAP

Para ter certeza que está consumindo uma água pura e potável, que segue todos os padrões de qualidade exigidos, e que ajuda sua saúde, é simples. Entre em contato com os especialistas da NUGAP que realizamos todos os testes em sua água.

Com isso você, sua família e seus funcionários terão sempre a certeza de estarem saudáveis e bebendo água boa e segura.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *